Autor : Altofalante

Reconhecendo os bairros da cidade, Fortaleza

A resistência da luta pela ZEIS Bom Jardim, Fortaleza

ZEIS Bom Jardim é bom pra mim!
ZEIS Bom Jardim é bom pra mim!
Bom Jardim é o meu lugar!
É aqui que eu quero morar!
Daqui não saio!
Daqui ninguém me tira!
Daqui não saio!
Daqui ninguém me tira!
Bom Jardim é o meu lugar!
E a ZEIS garante o direito de morar!
(*) Paródia da ZEIS Bom Jardim em ritmo de marchinha de carnaval, criada pelo morador Raimundo Nonato Moreno

Esta publicação faz parte de uma serie chamada «Caminhando para a cidade que queremos». Léer más

Repensando as formas de ocupação, Salvador de Bahia

A ocupação quilombo Paraíso e as comunidades do bem viver do movimento dos sem teto da Bahia

Uma ocupação que luta pela moradia digna em Salvador-Bahia como espaço de formação e transformação.
Uma comunidade do Bem Viver, inspirada pelas lutas populares do povo negro, dos indígenas, das mulheres e do povo sertanejo.
Uma disputa por outro modo de vida: a presença da utopia no presente!

Esta publicação faz parte de uma serie chamada «Caminhando para a cidade que queremos». Busca registrar experiências que rompem com as lógicas tradicionais de pensar a cidade. Léer más

Repensando a propriedade coletiva, São Paulo

Edificio União: do risco de despejo à garantia do direito à moradia, São Paulo

Prédio no Centro da cidade de São Paulo ocupado nos anos 1980 se torna o primeiro caso de usucapião coletiva do Brasil após décadas de resistência.
Com forte articulação entre atores e organização das famílias, o local representa hoje, além de importante precedente jurídico, um exemplo da luta pelo direito de
morar dignamente no Centro e pelo direito à cidade

Esta publicação faz parte de uma serie chamada «Caminhando para a cidade que queremos». Léer más

Caminhando para a cidade que queremos

Três experiências no Brasil que abrem caminhos

   

Para enfrentar os graves problemas urbanos, nas últimas décadas
as entidades que atuam no campo do direito à cidade no Brasil
têm cumprido um papel importante de mobilização popular, participação
social, proposições de legislações, enfrentamento jurídico
para efetivação dos direitos e na democratização da cidade e das
políticas urbanas, com experiências concretas para que as populações
em situação de vulnerabilidade social tenham melhores
condições de vida e as cidades sejam mais justas e sustentáveis. Léer más

Produzir alimentos não é um delito (El Salvador)

Abel Lara – un personaje diferente

“Desde pequeño tuvo que luchar para siendo campesino hacer reconocer los derechos de todos a alimentarse, a tener un pedazo de tierra y vivir compartiendo con sus vecinos.

Pero él lo hizo de manera muy especial: obligó al presidente que tenía más tierra de lo que permitía la ley a cumplirla; estando preso por ocupar tierra, decidió hacer una fiesta en la cárcel con los demás; optó por la agroecología con la perspectiva de una economía solidaria; dió voz a centenares de cooperativistas para cambiar leyes…”

Para entender mejor su manera de pensar y actuar, pasamos una mañana con él en su finca en noviembre del 2017, escuchando sus historias, compartiendo un rico almuerzo y conociendo sus cultivos antes de sentarnos con él en su lugar preferido… símbolo de la vida y del cambio. Léer más

Experiências motivadores desde Peru e Colômbia

Tres nuevas prácticas vividas por personas y grupos, para pensar otro futuro

Un estilo de vida y una forma diferente de pensar las cosas con Arte Urbano Juvenil, Lima, Perú.

A mi si me toca, resistir y proponer la recuperación de terrenos para convertirlos en espacios públicos en Envigado, Colombia.

Donde la energía fluye: inspirarse y empoderarse a partir de un modelo agro-energético de Colombia.

Para conocer mejor el proceso de los mensajes al futuro a partir de experiencias vividas, acceda al documento introductorio que explica la dinámica. Léer más