Caminhando para a cidade que queremos

Três experiências no Brasil que abrem caminhos

   

Para enfrentar os graves problemas urbanos, nas últimas décadas
as entidades que atuam no campo do direito à cidade no Brasil
têm cumprido um papel importante de mobilização popular, participação
social, proposições de legislações, enfrentamento jurídico
para efetivação dos direitos e na democratização da cidade e das
políticas urbanas, com experiências concretas para que as populações
em situação de vulnerabilidade social tenham melhores
condições de vida e as cidades sejam mais justas e sustentáveis.

As três primeiras experiências:

Edificio União: do risco de despejo à garantia do direito à moradia, São Paulo

A ocupação quilombo Paraíso e as comunidades do bem viver do movimento dos sem teto da Bahia

A resistência da luta pela ZEIS Bom Jardim, Fortaleza

Contato para a série de registros “Caminhando para a cidade que queremos”: CAIS (emailpagina web)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ 88 = 97