Categoria : Experiências vivenciadas

Caminho no território de solidariedade (Colômbia)

As províncias Guanentá, Comunera e Vélez, ao sul do departamento de Santander – Colômbia, promovem um processo em que o planejamento sócio-organizacional de seus habitantes e a economia solidária, no formato de cooperativas, buscaram marcar a história contemporânea de sua região, rompendo paradigmas, como por exemplo: através de um sistema econômico financeiro gerenciado por cooperativas populares, de pessoas e para as pessoas; e a construção de um território solidário com uma lógica de desenvolvimento que parte da realidade local, da identidade e cultura de seus habitantes. Léer más

Em nome do progresso ou da reivindicação a ser levada em consideração (Peru)

 

“Nunca negamos a construção do trem, porém não ao preço do desenraizamento” fala Margarita Monforte, presidente da Associação Quinta Virgen del Carmen do Quinto Patio, diante do processo de luta de quarenta famílias no centro de Lima para fazer valer seus direitos frente o megaprojeto do trem elétrico como meio de transporte de massa na capital peruana.

Para ter acesso ao documento

Pessoa para contato da experiência: Margarita Monforte (email)

CIDAP:  Samuel Yáñez (email) e Katia Morales (email) Léer más

mARTadero ambiente vital do futuro (Bolívia)

O que começou com a recuperação do Ex-matadouro municipal de Cochabamba, convertendo um lugar de morte em um centro de vida cultural diferenciado, hoje é uma experiência de referência para a cultura e desenvolvimento. Cultura não como distração, mas como elemento contextualizado, onde a inteligência criativa e o trabalho colaborativo abrem trajetórias para “o futuro que queremos”, construindo narrativas próprias e libertando-se de caminhos e pensamentos adquiridos.

Para ter acesso ao documento

mARTadero: página web Léer más

Na contramão do futuro, Equador

Yasuní, um parque na zona selvagem isolada na Amazônia equatoriana foi convertida em ícone internacional da luta cidadã em favor da vida, da biodiversidade e da natureza como sujeito de direito, assim consagrado na constituição do Equador.

A transformação propiciada no imaginário da sociedade equatoriana talvez esteja ainda no início e pequena, desafiando primeiramente o paradigma de desenvolvimento social preestabelecido.

YASunidos é um coletivo aberto de jovens que fez este trabalho.

Para ter acesso ao documento

Pessoas para contato da experiência: Antonella Calle e Patricio Chávez (email)

YASunidos: página web • SOSyasuni: página web Léer más

Sistema participativo de Garantia ECO Feira

Se apropriar de requisitos legais para promover e divulgar outra economia

foto8-eco-feria

O sistema participativo que garante o selo “ECOFEIRA” é um mecanismo de credenciamento participativo disponível aos pequenos produtores na Bolívia, facilitando a venda de produtos alimentícios ecológicos, que beneficiam a agricultura familiar e outros atores da economia social solidariedade, igualmente aos demais consumidores.

Para ter acesso ao documento

Pessoas de contato da experiência: Maurizio Bagatin, Alberto Cárdenas

Agrecol Andes – pagina web Léer más