Mudar a forma de acompanhar as comunidades com “Planos de Vida”

Como mudar radicalmente a forma de acompanhar as comunidades que atuam com voluntariado e que aglutinam todos os envolvidos em um “processo de Pastoral Social”?

DSC00636A Pastoral Social da Diocese de Pasto em Nariño na Colômbia fez isso…. uma equipe de agentes comprometidos entregou o processo de acompanhamento à uma equipa de auto-denominados “monitores” e “animadores” voluntários, que fazem parte das paróquias e das próprias comunidades.

Contribuiu com o processo, uma ferramenta conhecida como “Planos de Vida”, em nível familiar e comunitário, que é um instrumento de planejamento prospectivo e gestão, o qual abrange todos os aspectos do desenvolvimento e da vida. Porém, as famílias organizadas neste “processo de Pastoral Social” – como eles chamam – também contaram com o apoio permanente de um “contador de histórias”… e assim chegou-se às experiências concretas, tais como os grupos de poupança, a organização “Las Gaviotas”, experiências que mudaram suas vidas…

Para ter acesso ao documento

Contato: Rafael Jurado

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ 82 = 92