Procurar um lugar… e construir uma comunidade

Mulheres chefes de família, que viviam de aluguel e em condições precárias, encontram na comunidade Maria Auxiliadora uma nova maneira de “viver juntos”.

Obra mujeres 1011897_474840129270747_521649434_nUma parcela em propriedade coletiva e comunitária, funcionando com princípios de ajuda mútua e de autogestão, onde mil famílias podem viver juntas… Isso já não é um sonho para um grupo de 6 mulheres que, 15 anos atrás, iniciaram um projeto alternativo para mulheres que sofrem violência.

A comunidade Maria Auxiliadora é mais do que uma resposta ao problema de moradia. Seus moradores inventaram uma forma de viver com dignidade, baseando-se em sistema de solidariedade em termos de construção, de segurança, de proteção das crianças,…”Hoje por você, amanhã por mim” é o lema das famílias e dos jovens da comunidade.

A relação com as autoridades não é fácil e o projeto desenvolve propostas que questionam os esquemas tradicionais de acesso à terra – como a propriedade coletiva – o que às vezes provoca conflitos internos. Nesse contexto a comunidade continua lutando e defendendo os direitos conquistados… uma experiência vivida intensamente por todos os participantes do projeto.

Para ter acesso ao documento

Para contactar a comunidade: E-Mail1E-mail2Facebook, Google+Página web Hábitat para la mujer

Não deixe de consultar também o vídeo participativo realizado pelos jovens da comunidade “Vivendo em comunidade… María Auxiliadora, Cochabamba, Bolivia”

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ 7 = 14